Tag: piloto comercial

Posts relacionado a piloto comercial

Rodrigo Suardi é o novo contratado pelo TWO Flex

Instrutor de voo na Sierra Bravo Aviation é contratado pelo TWO Flex

Rodrigo desde pequeno gostou de adrenalina, sonhava ser piloto de avião ou de Fórmula 1. Na sua adolescência correu de kart mas deixou de lado a carreira pelo alto custo, decidiu então apostar na carreira de piloto de avião.

Para bancar seu curso de piloto, Suardi trabalhou como comissário de voo por 3 anos pela companhia aérea GOL. Tempo  suficiente para saber que a carreira como piloto seria sua vocação.

Concluiu seu curso em 2013 e neste mesmo ano começou a ministrar aulas como instrutor de voo na Sierra Bravo Aviation, permanecendo por 4 anos, onde pode adquirir mais experiências e fazer grandes amigos.

Atualmente Rodrigo é piloto de taxi aéreo na empresa TWO Flex, e conta com o total de 1.600 horas de voos, sendo que dessas, 1.200 horas foram voadas na Sierra Bravo Aviation em areonaves Monomotor e multimotor, nos cursos de IFR e INVA.

Instrutor da Sierra Bravo Aviation, Paulo Falco é contratado pela AVIANCA

Ministrava aulas de instrução na Sierra Bravo Aviation para alunos de PP, PC, multi,IFR e aulas teóricas de direito aeronáutico.

Morando próximo de um aeroporto, Paulo Falco era fascinado pelos pousos e decolagens das aeronaves, e sabia que quando crescesse era aquilo que ele queria ser.

Mas com o passar dos anos, sua vida tomou um rumo diferente do que havia imaginado. Se formou no Ensino Médio e logo ingressou na faculdade no curso de Direito na PUC Campinas em 2003, e exerceu a profissão de advogado por longos dois anos.
Mesmo com tantos casos e tribunais enfrentados durante todo esse tempo, Falco nunca deixou seu sonho de criança morrer.

Foi quando surgiu a oportunidade de iniciar o curso de pilotagem em 2010 em Fort Lauderdale, na Flórida. Paulo não pensou duas vezes, pois a sua paixão por aviação era muito maior.

Após a conclusão do curso, iniciou sua carreira como piloto de translado, trazendo e levando aeronaves dos EUA para o Brasil e vice versa, até o ano passado. Em paralelo, no ano [...]

Vitor Muzzi, que hoje completa 24 anos, foi contratado pela AVIANCA, para ser piloto comercial. Muzzi é recém formado pela UNISUL, no curso de Ciências Aeronáuticas e atuou como instrutor pela Sierra Bravo Aviation por 4 anos, além de atuar como copiloto em aeronaves particulares.

Vitor voou 1576 horas, sendo 1146,5 horas como instrutor de voo na Sierra Bravo Aviation em aeronaves mono e multimotoras nos cursos de piloto privado, comercial, IFR e INVA.

Em nome da Sierra Bravo desejamos bons voos e sucesso nessa nova etapa de piloto!

Mais um aeroporto é certificado para grandes operações

Aeroporto de Belém é certificado para grandes operações

O Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans recebeu a certificação operacional de aeroporto da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A confirmação veio com a publicação de portaria no Diário Oficial da União.

Trata-se de uma exigência do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil segundo normas da Organização Internacional de Aviação Civil, que padroniza a operação de terminais internacionais no muno todo. A certificação atesta que o aeroporto está pronto para operações exigentes e no plano internacional.

O aeroporto Val-de Cans ficou em evidência com o anúncio, por parte da Azul, de uma nova rota Belém-Fort Lauderdale, na Flórida. Serão quatro frequências semanais a partir de 12 de dezembro.

Latam Airlines (Miami) e Tap (Lisboa) são outras companhias com voos internacionais no terminal. Em 2016, o aeroporto que em 2016 teve um aumento de 30% no número de passageiros internacionais, fechando o ano com cerca de 145 mil visitantes do Exterior.

Fonte: www.panrotas.com.br

Aeronaves, setor da aviação executiva em Americana deve receber mais investimentos

Município pode se transformar em polo da aviação executiva com mudança de perfil em Campinas

A anunciada administração privada de cinco aeroportos do Interior – localizados em Campinas (Campo dos Amarais), Jundiaí, Bragança Paulista, Itanhaém e Ubatuba – abre novas perspectivas para a equipe de técnicos que trabalham no projeto que deve incrementar o setor da aviação executiva em Americana. É certo que os investimentos da concessionária privada irão equipar os cinco aeroportos, notadamente o campineiro, para a operação comercial e a oferta de voos de linha. Assim, o Aeroporto Municipal Augusto de Oliveira Salvação, às margens da Rodovia SP -304, deve se beneficiar com a procura por hangares particulares.

Desde que Americana conseguiu do Estado, em dezembro, a anexação ao aeroporto de 260 mil metros quadrados que pertenciam ao IZ (Instituto de Zootecnia), os profissionais se debruçam no projeto que prevê a expansão da área reservada aos galpões, hoje limitada a 24,6 mil metros quadrados. Na gleba anexada, pelo menos mais 30 mil metros quadrados serão tomados por hangares. [...]

Piloto de avião – filmes que os amantes de aviação não podem deixar de assistir

Muitos não perdem um novo longa-metragem ao saberem que a história se passa no avião.

Para os fãs da aviação, a hora da diversão fica ainda mais interessantes quando há um avião no meio da história. Muitos não perdem um novo longa-metragem ao saberem que a história se passa no avião. Você é uma dessas pessoas? Então confira dramas e comédias que tiveram o avião como local dos acontecimentos.

Aeroporto 77
Philip Stevens (James Stewart) é um magnata que resolve transportar a sua coleção de artes em seu Jumbo. O destino é Palm Beach, local no qual inaugurará o seu próprio museu. Para participar da festa, Stevens estava acompanhado de vários dos seus amigos. A viagem estava ótima até que sequestradores entraram em ação.
• Gênero: Ação, Drama, Suspense
• Estreia: 11/03/1977
• Elenco: Brenda Vaccaro, Darren McGavin, Joseph Cotten, Kathleen Quinlan, Lee Grant e Olivia de Havilland
• Direção: Jerry Jameson
• Duração: 114 min

Apertem os Cintos… O Piloto Sumiu
O [...]

Curso Piloto Privado – Mercado promissor também para as mulheres

Shaesta Waiz, a primeira piloto civil nascida no Afeganistão certificada, deu início à sua viagem à volta do mundo, no sábado, dia 13 de maio, com o objetivo de promover a educação da aviação para as mulheres.

Shaesta Waiz, a primeira piloto civil nascida no Afeganistão certificada, deu início à sua viagem à volta do mundo, no sábado, dia 13 de maio, com o objetivo de promover a educação da aviação para as mulheres.

A piloto começou a sua viagem sozinha no Aeroporto Internacional de Daytona Beach, nos Estados Unidos da América, num Beechcraft Bonanza A36, um avião monomotor, equipado com GNS 530W, GNS 430W e com instrumentos de voo eletrónico G5. Para além disso a jovem piloto irá ainda utilizar o aera 660, inReach Explorer +, Garmin Pilot e Garmin Virb Ultra 30, durante a sua viagem.

A missão vai exceder as 25.000 milhas e passar por cinco continentes, com 34 paragens, estrategicamente selecionadas, durante cerca de 90 dias.

Shaesta Waiz prepara-se para ser a mulher mais jovem a voar à volta do mundo e a primeira mulher afegã a fazê-lo a solo.

Segundo a ‘Dreams Soar, Inc.’, uma organização sem [...]

Procura por voos no Brasil sobe 3,2% em abril

A demanda por voos domésticos subiu 3,2 por cento em abril ante o mesmo período de 2016, avançando pelo segundo mês seguido nessa base de comparação, informou nesta terça-feira a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

A demanda por voos domésticos subiu 3,2 por cento em abril ante o mesmo período de 2016, avançando pelo segundo mês seguido nessa base de comparação, informou nesta terça-feira a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

A oferta aumentou 2 por cento na mesma base de comparação, fazendo com que a taxa de ocupação das aeronaves ficasse em 80,23 por cento, alta de 0,93 ponto percentual, segundo dados disponíveis no site da entidade.

No total, foram transportados 6,9 milhões passageiros em abril, elevação de 2,8 por cento.

A Abear alertou, contudo, que os dados devem ser analisados com ressalvas como indicativos da retomada consistente de crescimento do setor, uma vez que o desempenho da demanda mostra desaceleração frente a março, quando subiu 5,9 por cento.

“Além disso, o crescimento atual se dá sobre o menor nível absoluto de demanda (abril/16) em 50 meses (desde fevereiro/13). Não sem explicação, tal desempenho havia configurado a maior retração [...]

Apesar de ser uma área dominada por homens, cada vez mais mulheres exercem atividades na aviação, ocupando postos variados nos segmentos civil e militar.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), elas ocupam 5.190 postos de trabalho, o equivalente a 13,56% dos cargos, como pilotos, técnicas em manutenção de aeronaves e oficiais aviadoras.

O G1 conversou com duas profissionais que falaram sobre a rotina de trabalho, os desafios, o preconceito e o caminho para a realização do sonho nas carreiras.

Sonho de ser piloto
Quando criança, a comandante Gabriela Carneiro Duarte pedia aos pais que a levassem ao aeroporto para ver os aviões. “Sempre tive o apoio deles! Mesmo nos momentos difíceis, em que eu achava que não ia conseguir, eles estavam ao meu lado”.

Formada em administração, muitas vezes ela ouviu que era melhor tentar um concurso público ou seguir carreira no mundo corporativo, mas persistiu no sonho.

“Costumava ouvir das pessoas, [...]

Goleiro desiste do futebol e vira piloto de avião.

A primeira vez que pilotei um avião... Foi uma sensação maravilhosa. Uma mistura de medo com emoção.

Goleiro reserva do Santos, Nando ficava na concentração com os olhos vidrados no computador. Passava horas jogando simuladores de voo, sem dar atenção ao mundo real.

Você vai virar piloto perguntou, de brincadeira, o colega de quarto e titular da posição, Zetti.

Virou. Antonio Fernando Remiro Barroso, 42, trabalha desde 2010 na Latam. É comandante em rotas nacionais e para a América do Sul.

Depois de 14 anos no Santos aonde chegou aos 13 anos, em 1986 e decidiu sair em 2000 para novos desafios.

Eu deixei o Santos porque queria jogar. Não podia passar a vida inteira no banco. Precisava sentir o que era ser aplaudido ou vaiado pela torcida. Muita gente disse que eu era louco, mas saí.

Algum tempo depois, fui titular no São José, Sampaio Corrêa, CRB, Coruripe, Independente de Limeira e Barretos. Porém aos 30 anos Nando tinha dúvidas se queria continuar. Sentia-se desgastado pela incerteza de ficar desempregado e [...]

Back to top